Comida e bebida

Chef defende o Brasil no Campeonato Mundial da Pasta

Chef defende o Brasil no Campeonato Mundial da Pasta

Será Marcelo Milani o defensor do Brasil na sétima edição do Campeonato Mundial da Pasta. A competição ocorre em Milão, nos dias 24 a 25 de outubro. O chef brasileiro comanda o Piccolo (SP), considerado Bib Gourmand no Guia Michelin 2018. Durante os dois dias, ele vai competir com outros 17 cozinheiros de vários países pelo título.

O Campeonato Mundial da Pasta da Barilla aposta na versatilidade da massa, com exposições ao vivo, demonstrações culinárias, degustações e conferências.  Os dezoito jovens chefs com menos de 35 anos serão avaliados por um júri de estrelas Michelin para se tornar Master of Pasta.

Promovida pela Barilla, a competição homenageia o patrimônio cultural intangível da La Dolce Vita, que celebra o way of life italiano e tudo o que está relacionado a ele, como o amor à arte, à música, ao estilo e, acima de tudo, à boa comida.  Nos anos anteriores, venceram o título EUA (2017), Eslovênia (2016), Turquia ( 2015), Suíça (2014), África do Sul (2013) e Japão (2012). Ao longo dos seis anos, mais de 125 chefs participaram do campeonato.

No dia 25, em também se comemora o Dia Mundial da Massa, haverá uma exposição do coletivo musical Food Ensemble. Já o chef Davide Oldani fará uma demonstração que une sons e gestos de culinária em uma faixa musical criada em torno de uma receita de massa.

Veja o vídeo da campanha, estrelado pelo tenista Roger Federer e o chef Davide Oldani, dono do D´O, restaurante com uma estrela Michelin. Ele também é criador do conceito “Pop Food”, que se baseia numa cozinha simples e no uso de poucos ingredientes.

Lançamento

Aproveitando o evento, a Barilla lança a sua primeira linha de massas elaboradas com leguminosas.

Os produtos usam farinha de lentilha vermelha, no caso do penne e do fusilli, ou farinha de grão de bico, no caso do casarecce. Segundo a empresa, os novos itens são ricos em proteínas vegetais e fibras e sem glúten. Também afirma que o cultivo dos ingredientes melhora a fertilidade natural do solo e tem uma baixa emissão de carbono porque usa menos fertilizante.

Acompanhe o Campeonato Mundia da Pasta, clicando aqui.

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *