Comida e bebida

El Chaco, a nova casa de Marco Espinoza em SP

El Chaco, a nova casa de Marco Espinoza em SP

O chef Marco Espinoza parece ter se adaptado muito bem, obrigado, em São Paulo. Depois de abrir o Lima na Alameda Lorena, em março de 2018, ela agora coloca em prática todos os conhecimentos adquiridos enquanto morou em Buenos Aires.

Fachada do restaurante El Chaco Parrilla Argentina, que fica em perdizes, São Paulo. Foto: Luciana Barbo
Casa argentina do chef Marco Espinoza está em funcionamento há cerca de 10 dias (Fotos: Luciana Barbo)

Há cerca de 10 dias, entrou em funcionamento o El Chaco, casa de carne no bairro de Perdizes, ainda carente de boas casas do gênero. O empreendimento será tocado pela esposa de marco, Fernanda Ortiz, e o filho mais velho Luka, de 18 anos.

Ouça o podcast do CBN Sabores Sobre a casa

Ambiente do El Chaco tem capacidade para cerca de 40 pessoas

 

A ideia é oferecer cortes típicos argentino, assados na parrilla e com preço bom. Bife ancho e de chorizo, assado de tira, filé mignon (lomo), picanha, copa lombo (bondiola) e galeto desossado variam em torno de R$ 58 e R$ 98, em porções de 300g e 500g.

Podem ser acompanhado por purê de abóbora, parrilla de vegetais, creme de milho, batatas portenhas cremosas, entre outros. Excetuando o ovo frito, que sai a R$ 6, as guarnições custam R$ 10 (meia porção) e R$ 19 (porção inteira).  De sexta a domingo, também há opção de uma parrilla do mar, que muda semanalmente de acordo com a oferta dos insumos.

Clássico argentinos

Outra coisa típica do país vizinho, e que poucos lugares exploram, são as milanesas. A simples com carne macia e crosta crocante sai a R$ 29. Já a napolitana (que eu provei e adorei), leva camada de molho de tomate, presunto, queijo e rodelas de tomate, a R$ 39. Ambas alimentam duas pessoas.

Antes de iniciar a refeição, no entando, vale passear pelas entradinhas. Claro que não poderiam faltas as empanadas. Tem de carne, frango, milho e queijo, a R$ 5. Para quem gosta, há ainda morcilla e mollejas, a R$ R$ 25 e R$ 26, respectivamente.

Vegetarianos podem se deliciar com os discos de mandioca crocante com molho de pimentão assado. É uma delicinha, ainda mais se for acompanhada por uma Quilmes (R$ 39 com 970 ml).

Para beber, também vale se entregar aos dinques. A carta é variada e criativa e, ao contrário de muitos lugares, não exibe preços exorbitantes. Todos custam R$ 26.

Provei o El Hermano, com Absolut Citron, sumo de limão, hesperidina, xarope de capim santo e clara de ovo. Tem uma refrescância deliciosa. Mais forte é o Viejo Malbec, que leva vinho dessa uva, whiskey, cointreau e espuma de laranja.

Para a sebremesa, outros clássicos da cozinha argentina. O Alfajor (R$ 18) ganha a companhia de uma porção generosa de doce de leite, mais calda de chocolate e sorvete de creme. O crepe (R$ 12) é bem fininho e chega à mesa gratinado. Ainda há o creme mamão com cassis e o flan com chantilly e doce de leitecom flor de sal, ambos a R$ 12.

Confira:

El Chaco Parrilla Argentina
Endereço: Rua Joao Ramalho, 766 – Perdizes, São Paulo
Telefone: (11) 3796-6855
Funciona de terça a quinta, das 15h às 15h e das 19h às 23h. Sábado e domingo, das 12h às 22h.

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *