Comida e bebida

Fazenda Mantissa lança microlote de café em Brasília (cancelado)

Fazenda Mantissa lança microlote de café em Brasília (cancelado)

NOTA: O evento foi cancelado por conta da paralisação dos caminhoneiros.

Foto: Bruno Aguiar

Atenção, atenção, apaixonados por café. No dia 29 de maio, a Fazenda Mantissa lança a nona edição limitada dos microlotes Dias Quentes e Noites Frias no Belini Café – The Coffee Experience (114 Sul).

Com apenas cinco sacas de cada, os microlotes são compostos por grãos da variedade Catuai Vermelho, cultivados a mais de 1,2 mil metros de altitude, no município de Campestre, no Sul de Minas. A região é uma das que têm indicação geográfica para o cultivo do café no Brasil.

“As variedades são iguais, porém os processos se diferenciam pelo processo de secagem e a curva de torra. Eles representam o dia e a noite, quentes e frias, o positivo e o negativo. Ou seja, em seus processos extremos, se tornam opostos, porém com um ponto de equilíbrio”, explica Leonardo Custódio, supervisor de qualidade da Fazenda Mantissa.

Os lançamentos itinerantes dos microlotes da Fazenda Mantissa começaram em 2016. Desde então, já passaram por São Paulo, Curitiba e Campinas. Todos os anos eles escolhem cafeterias pelo país, para apresentar as novidades.

Foto: Luciana Barbo

Dias Quentes

O microlote com 100% de grãos arábica é produzido pelo processo natural, com secagem lenta, em terreiro suspenso. Apresenta aroma doce, com notas caramelo, chocolate. A acidez é cítrica, com corpo licoroso e uma finalização de notas de frutas amarelas, como damasco, e toque de fundo de toffee.

Noites Frias

Também 100% arábica com fermentação selvagem e secagem em estufa durante o dia. Tem sabor doce com aroma picante como chocolate amargo, acidez cítrica e corpo cremoso. Apresenta notas de frutas vermelhas como amora e tem uma finalização de ameixas pretas.

Fazenda Mantissa

A Fazenda Mantissa tem toda sua produção rastreada, do plantio à xícara. Além das edições limitadas, como Dias Quentes e Noites Frias, comercializa a linha que leva o seu nome, nas versões em grãos ou torrado e moído. Os cafés da marca são certificados pela Brasilian Specialy Coffee Association (BSCA), que aponta a qualidade do produto por meio de uma análise sensorial acima de 80 pontos. Também tem selos da Certifica Minas e da UTZ Kapeh, que demonstra que a propriedade participa de atividades de gestão empresarial, bem como está adequada à questão ambiental.

O objetivo dos lançamentos dos microlotes é proporcionar experiências ao consumidor final, aproximá-lo da história por trás do grão e promover uma integração com o produto. Dessa forma ele se torna capaz de entender os cafés especiais, a importância da torra bem-feita e os cuidados do preparo.

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *