Comida e bebida

Menu do Pinella tá cheio de novidades

Menu do Pinella tá cheio de novidades

O Pinella passou 23 dias fechado e reabriu as portas no início de março, para alegria dos frequentadores, que sentiram falta da casa enquanto ela passava por uma repaginada. Até eu, que tenho saído pouco à paisana, senti saudades.

Devo confessar que a casa é uma das minhas favoritas ali pela Asa Norte. Ambiente descontraído (amo ambiente sem afetação em que pessoas vão depois do trabalho sem ter de se arrumar demais), garçons atentos, especialmente a Joana,  cerva sempre gelada e comidinhas gostosas. Precisa mais? Bom, para quem está solteiros, vale relembrar que o bar já foi considerado o melhor de Brasília para paquerar.

Estive por lá para conhecer as novidades e gostei do que vi. Primeiramente, porque agora há seis torneiras que irão receber cervejas artesanais da cidade. Fora a carta da bebida, que já oferece mais de 20 rótulos. Então, taí mais um incentivo para ir até la.

A carta de drinques ganhou reforço com três receitas com gin, do bartender Marcelo Apollinário. No Gingito, o destilado é acompanhado por gengibre, folhas de hortelã, tônica e limão (R$ 24). É bem refrescante!

Para quem gosta de experimentar novos sabores, vale pedir o Ginpepi, que combina pepino, pimenta rosa, tônica e suco de limão (R$ 26), ou o Ginruc, cujas estrelas são uvas verdes e rúcula (R$ 27).  Ainda há duas variações de Mojito, de fruuas vermelhas (R$ 26) e de abacaxi (R$ 19).

Os amigos da vez podem aproveitar a noite com drinques sem álcool, como o Refresco do Pinella, que leva melancia, gengibre, abacaxi, limão e suco de cranberry (R$14) e o Virgen Mary, um suco de tomate temperado (R$12).

Para comer

Bolinho de grão de bico
Bolinho de grão de bico

Para comer, também há novidades interessantes, todas elas com nomes de mulheres, como de costume.  A Andreia vem com burrata ao molho pesto, rúcula e pão artesanal(R$ 46); a Bela é um falafel de grão de bico servido com um dos molhos da casa (R$ 25); e a Mariana, um bolinho de risoto com parmesão.

Mais robusta é a Margarida, um sanduíche de mozzarella de búfala, tomate confitado, manjericão e molho de tomate rústico, com pão artesanal de cebola, vindo de Pirenópolis (R$ 25). Todos esses pratos podem agradar aos vegetarianos.

Alguns itens do último menu sofreram modificações com a reforma. É o caso do Lory, que antes era servido com um espetinho de filé mignon e outro de frango e que gora vem apenas com a primeira parte (R$ 18).  A opção com ave foi chamada de Marcela e tem os mesmos acompanhamentos, de molho chimichurri e farofa de bacon (R$12).

Já a Marta agora vem com entrecôte na chapa servido com batatas bravas (R$ 48). Antes, esse prato era preparado com picanha. E o Bruna é um sanduíche no pão francês recheado por almôndegas, fonduta de queijo e molho rústico de tomates (R$ 25), que eu quero muito provar na próxima ida à casa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pinella
Endereço: CLN 408, Bloco B, Loja 20
Telefone: +55 61 3347 8334
Funciona de segunda a quarta, das 17h à 1h; quinta, sexta e sábado, das 17h às 2h. Fechado aos domingos.
Site: www.pinella.com.br
Facebook: www.facebook.com/pinellacafe
Instagram: @pinella408norte
Twitter: @pinella408norte

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *