Comida e bebida

Exclusivo: Tio Armênio é nova grife pernambucana em Brasília

Exclusivo: Tio Armênio é nova grife pernambucana em Brasília

Vem do Recife a nova grife gastronômica que ocupa a loja onde funcionou o bar Boteco (406 Sul), também pernambucano. Chamada Tio Armênio, a marca faz homenagem ao atual proprietário do Leite, o restaurante mais antigo em funcionamento no país, localizado na região central do Recife.

Fotos: Luciana Barbo

Ambos compõem o portfólio do grupo Dias, detentor ainda do japonês Kojima, adquirido há pouco tempo e que tem como criador o chef Alexandre Faeirstein. Pernambucano e morador de Brasília, é ele mesmo que comanda a parte operacional das duas casas aqui na cidade. No Kojima também é o chef. Já a cozinha do Tio Armênio está sob a batuta do chef executivo da rede, Adalberto Almeida. Natural de Campina Grande e com passagens pelos paulistanos Rubaiyat, Galeto´s e Veridiana, o paraibano toma conta do menu também praticado em Recife, Caruaru, Belém, Manaus, Fortaleza e João Pessoa.

Nas outras cidades, o Tio Armênio se instalou em grandes shopping centers. Por aqui, decidiu testar o modelo de negócio numa loja de rua. A aposta do lugar é comida com boa dose de referência portuguesa, bem servida e com preço convidativo. Os pratos principais podem chegar à mesa em porções para uma ou duas pessoas. Algumas das lojas, inserem alguns toques regionais, caso do risoto com pequi e linguiça artesanal servido com exclusividade na capital federal.

Ouça o podcast do CBN Sabores Brasília sobre o tema:

Polvo à lagareiro do Tio Armênio
Polvo à lagareiro

A cara portuguesa do cardápio se dá tanto pelo bolinho de bacalhau (R$ 28, a porção com 6 unidades), quanto pelo arroz de pato com chouriço (R$ 33 e R$ 61), polvo à lagareiro com batatas ao murro, azeitonas e brócolis (R$ 58 e R$ 98) e cinco receitas com bacalhau (entre R$ 35 e R$ 49, individual; e R$ 64 e R$ 92, para dois).

Caipirosca de Seriguela
Caipirosca de Seriguela

Mas o menu não se detém às opções além-mar.  No rol das entradas e petiscos, para acompanhar o chopinho gelado ou a caipirosca de seriguela, tem a famosa cozinha de galinha do restaurante Leite (R$ 9), o carpaccio de carne bovina (R$ 26), o frango à passarinho (R$ 19) e caldinho de peixe de feijão (R$ 7) e a panelinha de filé ao roquefort (R$ 29). Da grelha saem porções de linguiça, costela suína, pão de alho e coração, entre R$ 4 e R$ 12. Para quem está em dieta, há cinco variedades de saladas, incluindo uma receita com folhas, tomates, palmito e reforço de picanha grelhada (R$ 26/R$ 45).

Panelinha de carne de sol e arroz de rabada, do Tio Armênio
Panelinha de carne de sol e arroz de rabada

Nos principais, o cardápio se divide entre carne, aves, crustáceos e peixes. Daí que tem desde o tradicional picadinho (R$ 28/R$ 55), passando pelo arroz de rabada (R$ 32/R$ 58), o peixe ao molho de maracujá fresco com arroz de amêndoas e purê de batata doce (R$ 34/R$ 62) e o camarão perfumado, flambado no whisky (R$ 46/R$84).

Para finalizar, prove a Cartola, um clássico pernambucano que passou no meu teste de qualidade. A receita é simples: leva queijo manteiga, banana, canela e açúcar, tudo em equilíbrio de sabor e textura.

Cartola: um clássico pernambucano
Cartola: um clássico pernambucano

A outra sobremesa que eu indico é a composta por dois biscoitos tipo bricelet, elaborados pelas freiras da Igreja Nossa Senhora do Monte, em Olinda. Eles são intercalados com sorvete de creme e regados com uma calda encorpada de chocolate. Ambas são vendidas a R$ 14.

Bricelet com sorvete de creme e calda de chocolate
Bricelet com sorvete de creme e calda de chocolate

Fora isso, gostei do fato de o projeto arquitetônico ter preservado o piso xadrez da antiga operação. É um mimo. A concepção é assinada pelo escritório A2 Arquitetura, de Acácio Ferreira Costa, de Pernambuco. Outro detalhe marcante, é que me remeteu à minha infância lá nos anos 1980 foi a inserção de samambaias na decoração. Elas estão voltando com tudo, então fica a dica!

Confira:

Tio Armênio
CLS 406, esquina do bloco D.
Telefone: 3879-1600
Funciona de segunda a quinta, das 12h à meia-noite; sexta e sábado, das 12h à 1h, doming, das 12h às 18h.

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *