Comida e bebida

Professores do Iesb disputam Bocuse D`Or na Argentina

Professores do Iesb disputam Bocuse D`Or na Argentina

Em 2015, Bruno Rappel representou Brasília no Bocuse D´Or, concurso realizado durante o Sirha Rio, na capital fluminense. Na ocasião, o seu coach foi o também professor do Iesb Max Sommo. Agora, as posições se invertem.

A dupla embarcou nesta quarta-feira para Buenos Aires para participar da etapa argentina de um dos concursos de gastronomia mais disputados do mundo. Quem compete no domingo (26/11) é Max e seu treinador será Bruno.

A troca de posições é explicada por uma das regras principais do concurso: os competidores precisam ter a nacionalidade do país onde está sendo realizada a etapa. Max, que é argentino de Córdoba, decidiu se inscrever com receitas que remetem à tradição gastronômica de sua região. A seleção dos sete candidatos à vaga argentina para a final das Américas, que ocorrerá no México em abril de 2018, foi divulgada em outubro.

Como será o concurso

O desafio de Max será preparar um ojo de bife com três guarnições. Um delas é livre. A segunda deve ser tipicamente argentina e a terceira precisa ser elaborada na hora a partir de ingredientes surpresa. Max e Bruno passaram o último mês em treinamento para afinar as receitas já enviadas à organização do concurso, os tempos de preparo e a apresentação. Claro que a questão psicológica também foi trabalhada pela dupla de cozinheiros.

“Para a preparação surpresa são dados 45 minutos. É preciso manter a calma e estar com a criatividade aguçada para criar e executar uma receita na hora. Vou competir com cozinheiros experientes, que já participaram do concurso, mas estou indo para ganhar”, afirma Max.  A nota de avaliação está dividida em 60% para os critérios de sabor e técnica e 40%, para aspectos como estética, organização, limpeza da bancada e higiene pessoal.

Os cozinheiros Belen Pracilio, do Martin Berasategui; Emiliano Schobert, do El Obrador Escuela de Arte Culinario; Mauro Trinarolli, do Hotel Llao Llao; e Rodrigo Da Costa, do La Panadería de Pablo, são alguns dos oponentes do professor do Iesb.

O Bocuse D´Or foi criado em 1987 pelo emblemático chef Paul Bocuse. A próxima etapa brasileira será realizada em 16 de março, durante a terceira edição do Sirha no Brasil. A grande final ocorre em janeiro de 2019, em Lyon (França), onde nasceu o concurso.

Saiba mais sobre o Bocuse D´Or aqui.

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *